Destaque arrow Marinha Grande


Ameaça de Encerramento da Empresa Duarte Feteira PDF Print E-mail
Quarta, 05 Maio 2010

Na pasduarte_feteira.jpgsada semana o Deputado da AR Heitor de Sousa, visitou a empresa Duarte Feteira, SA  em Vieira de Leiria, e falou com os trabalhadores, uma vez que a mesma empresa corre o rsico de fechar. .

Esta empresa que foi fundada em 1942, já teve perto de 100 funcionários, agora está reduzida a 12 que desde Janeiro não recebem o seu vencimento e os devidos susbsídios.

Desta visita resultaram as seguintes questões direccionadas  ao Ministério de Trabalho e Solidariedade:

Ler mais...
 
Para mudar a Marinha Grande PDF Print E-mail
Sábado, 13 Junho 2009

Amândio FernandesOs últimos quatro anos, correspondentes essencialmente ao último mandato autárquico, são a parte visível de uma degradação evidente e continuada com 35 anos pelo menos.

Nas anteriores eleições autárquicas ganhou uma coligação que elegeu um presidente da Câmara, é verdade este facto, é no entanto mentira que seja ele o presidente da câmara.

O presidente eleito pelos homens e mulheres da Marinha Grande foi (agora afirmo eu), com acordo entre os seus pares compulsivamente obrigado a abandonar o cargo, sendo substituído pelo seu vice que aguardava de braços abertos, este desfecho. Este drama real, não é escrito por Kafka, ou Maquiavel, é uma produção banal da CDU, aconteceu aqui na Marinha Grande infelizmente.

A qualidade de vida das mulheres e homens da Marinha Grande foi e continua a ser prejudicada.

A frase chave da nossa campanha é “ SEM TELHADOS DE VIDRO”, foi assim há 4 anos, vai ser novamente este ano. Nada mudou infelizmente, mudaram os executores, não mudaram os problemas, ou antes mudaram, mas para pior. Neste sentido voltamos a afirmar que é necessário o fim do reinado dos “carreiristas” políticos, que enxameiam os órgãos autárquicos.

Quem assiste à discussão politica vazia de conteúdo, a todas as afrontas contra as populações, aos constantes acordos entre a CDU e a direita, só e exclusivamente para manterem o poder, não para uma melhor execução Camarária. Dizia eu, quem não concorda com estes malabarismos, deve votar na mudança, deve votar no povo real.

Estamos como há 35 anos sem estruturas básicas na Marinha Grande que foram prometidas em todas as vereações até aqui eleitas. As incapacidades em realizar são basicamente elementares:

Pensam que temos um teatro ou cinema?

- Não, não temos.

Pensam que poderemos, utilizar piscinas com tamanho de competição Olímpica?

- Não, não podemos.

Pensam que temos uma rede de esgotos e saneamento básico, minimamente capaz?

- Não, não temos. Falta executar mais de 60%, sim, eu disse mais de 60% do saneamento básico.

Pensam que temos Plano Director Municipal, conhecido por PDM. Deveria estar concluída a sua 2ª versão, em 2004, dez anos depois da primeira?

- Não, não temos e não teremos tão depressa

 Amândio Fernandes, candidato à Câmara Municipal da Marinha Grande

Ler mais...
 
escrita pós eleições PDF Print E-mail
Quarta, 10 Junho 2009

amandio.jpgO Bloco de Esquerda na Marinha Grande foi escrutinado com 16, 14% dos votos nas passadas eleições para o Parlamento Europeu, praticamente triplicamos os votos. Este facto enche-me de alegria e sustenta-me o ego pelo trabalho efectuado.

Olhando para os votos válidos, reparo no entanto que foi contemplado com 25 votos o PNR, partido de extrema direita e pró-nazi entre outra coisas. Sabemos que a direita ganhou as eleições nacionais, como aliás em grande parte da Europa.

Tenho vergonha de uma Europa onde elementos de extrema-direita conseguiram ser escolhidos, o inenarrável Le Pen, foi eleito e Berlusconi continua a fazer parte do imaginário grotesco, dos que gostariam que fosse assim a direita em Portugal.

O facto é que as Legislativas estão aí, bem como as Autárquicas de seguida, teremos de provar que a esquerda ainda existe e não é tão ortodoxa, nem cheia de dogmas.

A esquerda em que acreditamos está cá e podemos votar nela, é, como sabemos o Bloco de Esquerda.

Amândio Fernandes, Marinha Grande

 
Convite - Candidatura da Marinha Grande PDF Print E-mail
Quinta, 04 Junho 2009
Oradores:
Pedro Soares - Coordenador Nacional Autárquicas 09
Ana Ribeiro - Presidente da Camara Municipal de Salvaterra de Magos
Ana Drago - Deputada na Assembleia da Republica

Convidamos todo os apoiantes da candidatura do Bloco de Esquerda às Eleições Autárquicas de 2009, para comparecerem na apresentação dos candidatos aos diversos órgãos autárquicos, da Marinha Grande.

A apresentação vai realizar-se dia 12 de Junho de 2009 (6ª feira), no Restaurante Flor do Liz, na Praia de Vieira de Leiria, pelas 20.00 horas.

É imperativo que a informação nos chegue até ao dia 06 de Junho informando a quantidade de pessoas que estarão disponíveis para estarem presentes em seu nome.

Valor por jantar – 12.50 €

Contactos: email – This e-mail address is being protected from spam bots, you need JavaScript enabled to view it
Contacto Vieira de Leiria: José Rodrigues – 965 691 181
Contacto M. Grande: Cristiana Sousa – 9146 67 227
 
Soeiro Pereira Gomes PDF Print E-mail
Quinta, 16 Abril 2009

amandio.jpg Quero em primeiro e desta maneira prestar a minha homenagem a Soeiro Pereira Gomes. Nasceu a 14 de Abril de 1909, em Gestaçô, Concelho de Baião, decorreram portanto 100 anos desde o seu nascimento. Autor de pouca quantidade, 3 livros, mas com um exemplar que ultrapassa com qualidade, toda a eventual quantidade. Refiro-me a – ESTEIROS – Livro que me marcou, talvez pela pouca idade (12 anos) em que o li a primeira vez.

Sendo um militante e destacado trabalhador/organizador comunista, teve a sua primeira e mais destacada obra, Esteiros, com ilustração de Álvaro Cunhal. Este romance considerada o primor do neo-realismo português, em que os trabalhadores eram crianças em pleno trabalho infantil, alias a dedicatória do seu livro é de uma beleza absolutamente imparável – Aos filhos dos homens que nunca foram meninos – é bom ter autores destes em Portugal, não esquecer no entanto que o livro Esteiros foi escrito em 1941.

Amândio Fernandes, publicado originalmente em Expressões da Marinha Grande.

Ler mais...
 
Bestas PDF Print E-mail
Quinta, 09 Abril 2009
amandio.jpg

Tenho como definição de besta (Dicionário com edição de 1954 – Francisco Torrinha), o seguinte – Besta: Animal feroz; pessoa cruel.

Tenho a certeza absoluta que qualquer pessoa, tem a mesma noção de dor e tendo como base o mesmo dicionário, referindo sobre a palavra – Dor: Sofrimento físico ou moral; aflição; mágoa; dó; remorso.

Partindo dos pressupostos acima, ninguém me dirá que não se inflige dor em quantidade horripilante quando se crava/espeta em movimento um animal, qualquer animal, que pode até ser uma besta humana.

Atrevo-me a afirmar o seguinte: A dor por que passam todos os animais nas arenas de circo é igualmente atroz e perfeitamente escusada, em toda a categoria de animais. Não nos esqueçamos das arenas romanas, em que os Cristãos chegaram a ser os animais de circo. Até aqui parece que estaremos todos de acordo, digo eu.

A figura de discussão muda quando se fala de uma questão fracturante como é a tourada ou toirada, as bestas que decidam a melhor fonética. Aqui os apoiantes desta forma de circo não hesitam e dizem ser uma coisa de história, de bravura, que os animais são criados para este fim. Claro, claríssimo, a festa como gostam de lhe chamar é essencialmente comércio alimentado por uma “afficion” (não, não é nome de medicamento), que dizem ser uma coisa de amor…aos toiros. Os animais, tenho a certeza absoluta, não retribuem este sentimento, por vezes, por poucas vezes na minha opinião, vingam-se retribuem a dor que lhes infligem.

Amândio Fernandes, publicado em Jornal da Marinha Grande.

Ler mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 Próximo > Fim >>

Resultados 7 - 12 de 22
© 2017 Site Distrital de Leiria - Bloco de Esquerda
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.