TANTA GENTE SEM CASA, TANTA CASA SEM GENTE
Terça, 12 Abril 2011

31032011991.jpg 31032011988.jpgTambém em Pombal a degradação dos fogos habitacionais se tornou parte característica da paisagem urbana. A fraca dinâmica do mercado de arrendamento, condenatória destas casas ao abandono, conjugada com um fortíssimo crescimento do parque habitacional, tem promovido a deterioração e o despovoamento do centro de Pombal. Esta é de tal forma uma marca incontornável do centro que durante a época festiva do Bodo a câmara costuma tapar algumas casas na Praça Marquês de Pombal com o programa das festas.

Este cenário tem-se generalizado por todo o país, e para lhe dar resposta e combater a crise, o Bloco apresentou a campanha AQUI PODIA VIVER GENTE, que tem como objetivos principais reabilitar as cidades, baixar as rendas e criar emprego. Para que todos tenhamos direito à habitação e a uma cidade preservada.