• Durante o ano 2018, o Bloco de Esquerda bateu-se, nas autarquias como na Assembleia da República, por um conjunto de medidas que respondam às necessidades da população residente no distrito de Leiria. Este artigo dá conta dá conta da atividade parlamentar referente ao distrito de Leiria e, em alguns casos, a todo o país, com a participação do deputado eleito pelo distrito, Heitor de Sousa. Destacam-se as mais relevantes, mas muitas outras foram concretizadas e podem ser consultadas no site da Assembleia da República.

  • A reação cívica à intenção da Câmara Municipal de Peniche concessionar a Fortaleza, emblemático símbolo da repressão e das prisões políticas do regime fascista, para aí instalar uma «pousada de charme» levou ao processo conducente à criação do Museu Nacional da Resistência e da Liberdade naquele forte.

    Após uma visita a todas as escolas públicas do concelho de Leiria que ainda possuem estruturas de amianto, contabilizamos mais de 900 mil euros em necessidades de investimento. A remoção de amianto representa 510 mil euros, o restante montante divide-se entre as necessidades de pequenas obras, melhoria nos isolamentos e requalificação dos equipamentos informáticos. O Bloco questionou o Governo.

    Após visita ao Hospital de Santo André, em Leiria, o Bloco entregou uma pergunta ao Governo sobre as necessidades de investimento do Centro Hospitalar de Leiria, nomeadamente no que diz respeito ao serviço de urgência. Poucos dias depois, o presidente do concelho de administração demite-se do cargo.

    O Bloco fez um levantamento do número de acidentes em passadeiras nas Caldas da Rainha e apresentou uma recomendação  que foi aprovada por unanimidade na Assembleia Municipal de Caldas da Rainha.

    Moção apresentada pelo Bloco e aprovada por unanimidade na Assembleia Municipal da Nazaré, propõe a redução de tarifas e a constituição de uma Unidade Técnica de Gestão Intermunicipal.

    O Bloco apresentou três medidas concretas para combater a precariedade no concelho de Pombal. A presidente da Assembleia Municipal recusou colocar a Moção a votação, argumentando que devia ter sido enviada com mais antecedência. No entanto, não seguiu os mesmos critérios para outros partidos e no mesmo dia. Dois pesos e duas medidas...

    Bloco propôs em Assembleia Municipal a tomada de medidas de melhoria de condições das praias para que seja possível a atribuição da bandeira azul às praias da Vieira e de S. Pedro de Moel. A proposta foi reprovada com 11 votos contra e 12 abstenções. O Bloco foi o único voto favorável.

    O Bloco fez chegar uma proposta de construção de rotunda no cruzamento de Pero Neto em Novembro de 2018. A Assembleia Municipal da Marinha adiou a sua apresentação e votação para 22 de Fevereiro e a Câmara Municipal anunciou a sua concretização em Janeiro, antes da sua votação.

Heitor de Sousa: "Comissão europeia reduz fundos comunitários e desvaloriza a politica de coesão"